O Coronavírus e seus treinos de corrida | 5 dicas para evitar problemas

Dicas de Treino

O Coronavírus e seus treinos de corrida | 5 dicas para evitar problemas

O assunto do momento é o coronavírus, infelizmente.

Acreditamos não é hora de discussão a respeito de opiniões contrárias ou favoráveis às medidas que estão sendo tomadas por todo mundo.

O fato é que o vírus está se espalhando rápido, pessoas mais vulneráveis estão falecendo, eventos estão sendo cancelados e estabelecimentos sendo fechados. E tudo isso está deixando a economia enfraquecida, causando impacto na vida de todos, principalmente dos menos favorecidos.

Logo, precisamos fazer nossa parte, tanto para evitar a disseminação do vírus, evitando o aumento dos problemas, bem como para nos protegermos dos males que uma contaminação pode causar.

E o que a corrida tem a ver com o coronavírus?

Para nós, corredores amadores, corrida é saúde. Então, a relação é grande.

E não só nesse aspecto, mas também há relação na prática, com os planos que fazemos no esporte, visto que muitas provas de corrida foram ou serão canceladas ou adiadas.

Assim, nosso objetivo aqui é trazer algumas orientações muito importantes, para que você não se desespere e acabe tendo atitudes que te aproximem do ter problemas com o Covid-19 ou qualquer outra doença.

Confira nossas 5 dicas sobre coronavírus e corrida e não se esquece de compartilhar com seus amigos:

1 – Não pare de treinar

Em situações como essa, muitas pessoas preferem interromper hábitos de sua rotina, como a prática de atividades físicas, em nome de uma possível precaução.

Nossa experiência e a ciência comprovam que indivíduos em atividade regular e planejada tem sua imunidade mais elevada.

E quanto melhor a sua imunidade menor será o risco de se ter algum problema grave, caso haja contágio por algum vírus.

Os números mostram que os casos mais graves estão bastante relacionados a pessoas de mais idade e/ou com o sistema imune comprometido.

Quanto melhor a sua imunidade, menor o risco de ativar sintomas da doença, caso haja contato com o vírus.

A regra de se permanecer ativo vale para todos que já possui um nível de atividade física regular.

Porém, quanto mais idade você tem, principalmente se mais de 40 anos, maior deve ser sua preocupação em manter sua rotina de atividade física.

E cabe reforçar: rotina de atividade bem orientada. Se você for alguém inativo, é melhor não iniciar agora se não tiver orientação.

Se você não tem orientação profissional adequada e seu treino for mal estruturado para seu caso, sua imunidade pode ficar comprometida da mesma forma.

Se você já é pessoa ativa e precisar de orientação no seu treino, veja aqui como o Corrida Perfeita pode te auxiliar.

2 – Treine, porém de forma cuidadosa

Se por um lado é muito importante para sua imunidade permanecer em movimento, por outro, é também importante adotar algumas precauções ao treinar.

Vamos a algumas:

  • Evite treinos em ambientes compartilhados, como academias.

Você não sabe se a pessoa ao lado está contaminada. Muitas vezes nem ela sabe. Por isso é importante evitar academias e ambientes com outras pessoas.

Nesses casos, o risco é maior e real, como estamos verificando em muitas notícias:

Então, no momento, se possível, dê preferência por treinos em casa. Se não possui esteira, pode substituir a corrida por funcionais, treinos de escada, treinos com corda. Inclusive colocamos estas opções no Corrida Perfeita.

  • Então não é mais para treinar na rua?

Então, no início de todas as restrições, até que não entendíamos isso como um grande problema, desde que tomados os devidos cuidados.

Mas nossas autoridades estão fazendo de tudo para desacelerar o avanço do vírus. Logo, conversando e analisando opiniões altamente especializadas, entendemos que o ideal, no geral e principalmente em grandes cidades, é não treinar fora de casa.

Avalia suas condições pessoais, de onde você mora, as recomendações locais e aja com bom senso. Na dúvida, fique em casa.

Conforme dito acima, há várias opções para substituir a corrida em casa e durante esse período, que esperamos que passe logo.

Já sobre treinos de força, se o seu foco é a corrida, os treinos funcionais sem equipamentos têm se mostrado o suficiente, conforme recomendamos e prescrevemos em nossa metodologia. Eles podem ser feitos em casa.

  • Evite os treinos em grupos

Até chegamos a citar que, se fosse para fazer treinos em grupo, que fossem com até 3 pessoas.

Porém, diante do cenário, a dica é se precaver de verdade, e evitar companhias. Talvez seja uma exceção treinar com pessoas de sua casa, em que o contato esteja normal.

Já amigos e parentes que residem em outros locais, o melhor é evitar se reunirem. Você não sabe se eles podem ou não estarem contaminados.

O ideal mesmo para o momento é treinar de forma solitária, até que o surto diminua.

  • Tenha os cuidados básicos de higiene em qualquer tipo ou local de treino

Não importando a condição ou local do treino (ambiente fechado ou aberto), sempre tenha o cuidado de evitar colocar as mãos nos olhos, boca ou nariz depois que sair de casa.

Se você não consegue se controlar com as mãos, carregar uma bisnaguinha de álcool em gel pode ser uma boa pedida para uma limpeza de tempos em tempos.

Sem pânico, se cuide e não pare de treinar, fazendo aquilo que estiver ao seu alcance, e se cuidando ainda mais, conforme o local e condição de treino.

3 – Não se deixe levar por cancelamentos e adiamentos

Para muitos corredores, a motivação para se manter nos treinos passa pela realização de provas de corrida.

E no cenário atual, muitos eventos estão sendo cancelados, infelizmente.

Não deixe que isso atrapalhe sua motivação e sua rotina, e tão pouco te chateie. O melhor agora é pensar na segurança e saúde da sociedade, e manter a calma.

Prejuízos financeiros ou outros contratempos são os menores dos problemas que podem lhe ocorrer no momento.

Portanto, relaxe e lembre-se: estresse também pode ser motivo de baixa da imunidade.

Em caso de cancelamento de suas provas, a dica é que você comece a pensar em novas provas e que ocorram a partir do segundo semestre, pois espera-se que até lá as coisas possam estar sobre controle.

Fizemos outra postagem com mais detalhes de dicas do que fazer com os cancelamentos. Confira aqui!

Não se frustre pela possível perda de uma prova próxima e muito desejada. Procure pensar que agora você vai ter mais tempo para treinar e chegar bem melhor em provas que ocorrerão no segundo semestre.

Inclusive, na postagem citada, compartilhamos três ótimas formas de aproveitar o cancelamento da prova para melhorar sua corrida.

O recado aqui é o de manter o foco em objetivos e metas claras, mesmo que eles precisem mudar. Assim, você mantém sua rotina de treino e a sua imunidade em dia.

Se precisar de orientação adequada para seus treinos, lembre-se do Corrida Perfeita.

4 – Cuide da sua alimentação e da sua hidratação

Corredor que preza pela sua saúde, além de treinar bem, também se alimenta e se hidrata com cuidado.

Logo, não relaxe com sua alimentação e hidratação nesse momento, para que sua imunidade também não seja comprometida por causa desses fatores.

Evite qualquer tipo de excesso alimentar, mas principalmente evite o consumo excessivo de álcool e o consumo de alimentos muito processados.

Tenha refeições mais nutritivas e equilibradas, com variedades de frutas, legumes, verduras e tudo aquilo que sabemos ser mais saudável.

E quanto ao consumo de água, também não relaxe ao longo do dia. Mantenha o corpo sempre hidratado.

Uma boa dica é manter uma garrafinha por perto, para não se esquecer.

Uma sugestão de consumo mínimo total ao longo do dia é de cerca de 30ml de água por kg corporal.

Ou seja, é interessante, por exemplo, uma pessoa de 70kg beber pelo menos 2100 ml por dia, ou mais.

5 – Não se desespere e siga sua vida

Muitas pessoas estão dando atenção excessiva ao assunto do coronavírus. Lendo, escutando e conversando bastante a respeito.

Além de gerar um desespero interno, isso pode tirar a atenção do que é importante, como seus treinos e outros cuidados de saúde acima mencionados.

Essa preocupação excessiva também pode tirar sua energia de outras atividades importantes que seguem na sua vida, como seu trabalho, seus estudos, etc.

O caminho de precauções é simples, e caso você o siga, vai estar bem longe de problemas com o tal Covid-19 e outras contaminações, mesmo que você as contraia.

Mas ter uma boa saúde não é motivo para relaxar com os cuidados citados. A boa imunidade não diminui a chance de contágio, e nem de espalhar o vírus para pessoas próximas.

Para evitar o contágio, você precisa adotar os cuidados de higiene e distância social que estão sendo recomendaos.

E lembrando mais uma vez, siga sua rotina de hábitos saudáveis, na medida do possível, com o apoio profissional adequado.

Procure, por exemplo, informações profissionais de área de nutrição, se precisar de mais dicas de alimentação.

Se precisar de apoio em seus treinos, procure também orientação profissional adequada, como as que oferecemos nos programas online do Corrida Perfeita.

Um pequeno investimento agora em sua saúde, pode livrar você do desespero e de gastos maiores com uma doença no futuro.

Gostou? Compartilhe com seus amigos.

Saúde para todos nós, e bons treinos!