5 dicas para conseguir treinar em casa (a última é fundamental)

Dicas de Treino

5 dicas para conseguir treinar em casa (a última é fundamental)

Em momentos de restrição, onde só é possível fazer treinos alternativos em ambientes fechados, o corredor pode acabar se desmotivando, se desorganizando e assim deixar de fazer o mais importante: se manter em movimento.

Para evitar que isso aconteça, trouxemos aqui top 5 dicas para que você consiga se movimentar em casa, sem perder sua motivação e o controle da rotina.

Se você não seguir essas dicas, ou parte delas, o risco de sua rotina de treinos indoor desandar é bem grande. É sério!

Atenção às dicas (a última é muito importante).

Dica 1: Alimentação antes e depois do treino

Quando temos compromissos de treino fora de casa, costumamos nos organizar melhor, inclusive na alimentação, comendo nos momentos adequados, seja antes ou após o treino.

Caso você costuma se alimentar pré-treino, por exemplo, de 30 a 40 minutos antes de iniciar, é importante se planejar.

Em caso, se você não se organizar, pode acabar deixando para comer de última hora e assim começar a treinar de estômago cheio, o que pode não ser legal.

Coloque um lembrete para se alimentar num tempo anterior suficiente, de acordo com o seu hábito.

A regra principal é: se organizar para fazer aquilo que você já se acostumou a fazer quando treina fora de casa.

A ideia da organização alimentar também vale para aquilo que você come.

Em casa, se você tiver muita variedade de alimentos, cuidado para não comer aquilo que não comeria normalmente antes ou depois de treinar. Evite relaxar com sua alimentação.

Dica 2: Prepare o ambiente

Em casa também é muito fácil a gente não se organizar para começar a sessão de treino.

No nosso lar, costumamos estar relaxados, com tudo teoricamente à mão e com rápido acesso.

E muitas vezes esse rápido acesso nem é tão rápido assim. Logo, não comece o treino sem providenciar tudo o que você precisa.

Assim, você evita parar no meio do que tá fazendo para pegar ou providenciar algo que seja importante.

Segue abaixo uma lista de ideias do que você pode precisar providenciar antes de começar a treinar:

  • Recipiente com água ao seu lado;
  • Toalhinha para secar o suor;
  • Material de instrução que você vai usar: vídeo no celular/TV, papel, etc.;
  • Equipamento de treino: tênis, Relógio/medidor, etc.;
  • Ar condicionado ou ventilador (se for o caso);
  • Aviso aos moradores (veja dica 4);
  • E outros itens que se fizerem importantes para o treino.

Organize tudo antes, para que você não precise parar seu treino no meio do caminho.

Dica 3: Defina horários para treinar

O compromisso com o treino é outro ponto que também pode gerar relaxamento por conta de estarmos em casa.

Isso pode nos dar a sensação de que dá para treinar a qualquer hora, que tá tudo sob controle.

Mas não é bem assim que funciona. Na prática, quando você deixa a hora do treino ao “Deus dará”, ele pode acabar deixando de ser feito.

Você começa seu dia, aí vem trabalho, filhos, tarefas domésticas, distrações, etc. Quando você menos percebe, o dia acabou, a preguiça bateu e você não treinou nada.

Então, estabeleça um horário para treinar e coloque na agenda do seu celular ou onde melhor funcionar para você.

Defina horários adequados à sua rotina. Porém, se você é uma pessoa com pouca organização/disciplina, tente tratar o treino como uma das primeiras atividades do dia, a ser feita logo cedo.

Resumindo, defina dias e horários para seus treinos e não deixe que eles se percam no meio da sua rotina.

Dica 4: Comunique as pessoas de casa

Se você mora com outras pessoas, é muito importante a comunicação ser clara neste momento.

Além delas terem expectativas daquilo que podem demandar de você, elas também podem te interromper justo na hora do seu treino, e te atrapalhar.

Portanto, comunique a todos os horários exatos em que você for treinar. E solicite a todos a gentileza de não te interromper, explicando como isso pode te atrapalhar.

Peça que haja interrupção apenas em caso de urgência real.

Faça a pessoa pensar no seguinte: se você estivesse treinando na rua, ela iria até você para falar ou pedir o que ela precisa? Se a resposta for não, ela pode esperar. Sugira a ela essa reflexão.

Sempre, ao início de cada treino, reforce novamente que está indo treinar, informando também quando deve terminar.

Assim, você evita desentendimentos e todo mundo treina sem maiores problemas.

Ah, melhor ainda se você conseguir treinar junto com as pessoas de sua casa, ou no mesmo horário, pelo menos. Busque por isso! É até uma forma de aproximação positiva.

Dica 5: Varie seus treinos

Essa dica é uma das mais importantes e uma dica fundamental.

O tédio em ambientes fechados pode ser grande, inclusive se você ficar repetindo o mesmo treino todos os dias.

Você pode enjoar do treino em si, enjoar de treinar, e acabar parando.

Mesmo que você seja uma pessoa disciplinada, evite repetir demais os mesmos treinos.

Adote variações de tipos de treinos, além de variações de séries dentro de cada tipo.

Assim, você evita perder a motivação e o ânimo. Algo que pode acontecer com facilidade.

Procure ter pelo menos 3 sessões de treino diferentes para fazer num período de reclusão.

Assim, o máximo que vai acontecer é a repetição, uma vez, da mesma sessão por semana. Isso, se você treinar mais de 4 vezes por semana.

Veja abaixo nossas dicas de tipos (modalidades) de treino que você pode adotar em locais fechados, em substituição à corrida..

Lembrando que, dentro de cada tipo, você pode ter ainda as variações de sessões. Ou seja, você pode escolher apenas uma modalidade e variar os treinos dentro dela.

Opções para substituir a corrida em casa:

  • Treinos funcionais com ênfase no trabalho cardiorrespiratório;
  • Treinos de corda (pular corda);
  • Treinos funcionais com equipamentos (para quem tem);
  • Musculação básica com pesos (para quem tem);
  • Treinos de escada (para quem mora em prédios);
  • Treinos em esteira ou bicicleta ergométrica (para quem tem).

Viu como são muitas opções?

Claro que boa parte não se aplica a todo mundo.

Por isso, acreditamos que os treinos funcionais são opção mais acessível para todo e qualquer tipo de condição que se tenha em casa.

E foi um treino desse tipo, que já temos no Clube Corrida Perfeita, que liberamos grátis na campanha #tamojunto. Se você não acessou esse treino ainda, ele está aqui.

Além dessa sessão grátis, dentro do Clube Corrida Perfeita temos mais duas variações de treinos funcionais substitutos da corrida, além de treinos de escada e outros que estão sendo preparados para períodos de reclusão.

Também na nossa campanha #tamojunto, decidimos liberar o acesso ao Clube Corrida Perfeita por um valor muitíssimo especial.

Um baita desconto nunca antes feito, para mostrar que a gente tá junto de verdade neste momento difícil.

Quer saber que desconto é esse e tudo mais que você tem no Clube, além das variações de treinos funcionais para fazer em casa?

Então acesse aqui o site da campanha e confira agora mesmo.

Responsável Técnico:
Andrei Achcar
Profissional de Ed. Física
CREF 5007 G/DF